quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Diante do mar

Diante do mar
Penso em você
que vive por aí
a contar
vil metal!
Diante do mar
esqueço de você
e penso na grandiosidade
do universo!
Traço
esse singelo verso
e lembro que o tudo
muitas vezes é nada!
Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário