sábado, 18 de agosto de 2012

Olhar o mundo

Olhar o mundo e em cada canto/ lembrar da tua presença/ que sorri em mim /como uma estrela a crepitar no infinito/ teu olhar bonito destila poesia/ na poética da tarde/ sem alarde sorrir e sonhar e bailar no universo do teu verso/ to be happy! Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário