segunda-feira, 23 de julho de 2012

Ave

Quando há um momento de paz, celebro a vida. A vida pulsa em cada canto e recanto. Cada lugar do planeta A luz destila a paz... A flor desabrocha na manhã suave. E uma ave cruza o céu no espaço infinito.
Ave... Voas livre na imensidão. Livre de amarrias, de redes e de venenos.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Noite

Noite que invade a minha alma
Vem com sua calma
Inunda o meu ser!
Deus acende as estrelas...
Uma a uma
e a noite clareia a imensidão!
As lágrimas
quem se importa 
com as minhas lágrimas?
Quem nas noites escuras
me estendeu a mão?
Fui andando sozinha
por estradas escuras
sorrisos de falsidade
gestos de inimizade
eram a minha companhia!
E me tornei forte!
Toda a desilusão
se transformou em fortaleza
e em sabedoria!
Ju