sábado, 3 de dezembro de 2011

A origem da árvore de natal

Existem várias hipóteses sobre a origem da árvore de natal, mas a mais aceita é que esse costume tenha surgido na Alemanha e introduzido no cristianismo por Martinho Lutero, o autor da reforma protestante, no século XVI.
Os romanos enfeitavam árvores para Saturno, deus da agricultura. Os Celtas enfeitavam também árvores para os seus cultos.
Na Igreja Católica, com São Bonifácio, atribui-se que a forma triangular do pinheiro lembra a Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).
O uso da árvore de natal é de origem pagã e foi ''cristianizada'', como muitos outros cultos e costumes pagãos. Geralmente era para celebrar cultos de fertilidade da natureza.
A árvore de Natal só se difundiu pelo resto do planeta a partir de 1841, quando o príncipe Albert (1819-1861) - esposo alemão da rainha Vitória - montou uma delas no palácio real britânico. 
A árvore de Natal é de origem germânica, datando do tempo de S.Bonifácio (cerca de 800 dc). Foi adotada para substituir os sacrifícios ao carvalho sagrado de Odin (deus germânico/nórdico, da tempestade). Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário