domingo, 20 de novembro de 2011

Momento Poesia - Poesia que vem!

Poesia suave que vem
em uma manhã
na brisa mansa
e o olhar descansa
sobre a apisagem
na mente vem
a tua imagem
já desgasatada
e quase apagada...
Poesia áspera que vem
dilacerante
na tarde agitada
no coração é cortante
nesse teu olhar desafiante
que já não seduz mais...
Poesia molhada
quevem
trazida pelas ondas do mar
a vida é um vai e vem
é cíclica
feita de momentos
de calmaria e de tormentos
e aquela velha poesia
já não emociona mais
os momentos idos
voltam feridos
e definitivamente
esquecidos!
Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário