sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Tropa de Elite

Tropa de elite é um termo normalmente utilizado para designar unidades militares com treinamento excelente e armamento superior, destinadas a agir de forma decisiva em ações militares.
Tropa de Elite é um filme brasileiro de 2007, dirigido por José Padilha, que tem como tema a violência urbana na cidade brasileira do Rio de Janeiro e as ações do Batalhão de Operações (BOPE). Foi objeto de grande repercussão antes mesmo de seu lançamento, por ter sido o primeiro filme brasileiro a, meses antes de chegar aos cinemas, vazar para o mercado pirata e a internet. Ao criticar os usuários de substâncias ilícitas, atribuindo-lhes a culpa pela expansão do tráfico de drogas e da violência urbana. O filme recebeu o prêmio Urso de Ouro de melhor filme no Festival de Berlim 2008.[9] Uma continuação, Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro, foi lançada no dia 8 de outubro de 2010.
A história se passa em 1997, quando o papa João Paulo II visitou o Rio de Janeiro, e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), a Tropa de Elite da polícia do Rio de Janeiro, foi encarregada de sua segurança. O Capitão Nascimento era comandante do esquadrão designado. Ele queria deixar o posto, pois estava prestes a ser pai e tinha ataques frequentes devidos ao estresse e a dificuldade de realizar o seu trabalho na corporação, mas precisava antes encontrar um substituto à altura. Melhor direção – José Padilha
Melhor ator – Wagner Moura
Melhor ator (coadjuvante/secundário) – Milhem Cortaz
Melhor fotografia – Lula Carvalho
Melhor maquiagem – Martin Macias Trujillo
Melhor montagem – Daniel Rezende
Melhor som – Leandro Lima, Alessandro Laroca e Armando Torres Jr.
Melhores efeitos especiais – Phil Neilson e Bruno van Zeebroeck
Melhor longa-metragem nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário