domingo, 6 de março de 2011

Just a little rain must fall

Chuva... Que cái imperiosa nessa manhã... Chuva, que desfolha a rosa. Que abre poças d"água
no chão. Chuva, que lava as ruas, as árvores, as plantas, as casas, a nossa alma! Chuva que traz o frio e espanta a poeira... Chuva que invade um dia e acaba com a festa. Chuva que muitas vezes aterroriza e outras vezes, o calor ameniza...
Chuva que enche os rios, os açudes, espanta os banhistas da praia.
Chuva, você é soberana. Água, força divina da natureza. Tem o poder da transformação.
Chuva que lava as dores mal curadas dos amores. Chuva que torna a paisagem de uma beleza diferente, cinza.
Chuva que encanta os nossos olhos. Que faz germinar a semente no solo árido. Chuva que pode ser vida e morte.
Chuva que pode ser mudança.
Após as tempestades da vida, renascemos fortes!
Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário