quinta-feira, 17 de março de 2011

Cenas marinhas

Amo pintar cenas marinhas. Amo o mar. Acho uma das coisas mais fascinantes que Deus colocou nesse planeta tão belo! Pena que estão destruindo e infelizmente a natureza responde de maneira negativa.
Penso que se o ser humano respeitasse mais a natureza, muitas tragédias seriam evitadas. Gente, deixa a vida fluir. Deixa a árvore crescer, o manguezal sobreviver! Nada de jogar lixo nas ruas, nas praias, nas matas...
Muita coisa é o ''capetalismo'', como dizia o Profeta Gentileza, aqui no Rio de Janeiro. É o excesso de coisas jogadas fora sem reutilização. Temos que fazer uma reeducação planetária, respeitar a vida. Certas crenças orientais acreditam no ''prana'', uma espécie de energia emanada da natureza que traz paz, saúde, bem estar.
A Amazônia é um grande pulmão do mundo e abriga milhares de espécies da fauna e da flora. Quantos medicamentos podem ser extraídos dali? Aproveitar a sabedoria dos índios, pesquisar plantas novas...
Esses dias comprei um creme para o cabelo a base de andiroba, apenas pelo cheiro agradável. Depois fui descobrir que essa árvore tem propriedades medicinais muito importantes, além de hidratante da pele.
Com toda era da informática, do advento da internet o ser humano tem deixado de lado as coisas simples, mas importantes da vida. Olhar também a poética da vida.
Como é bom olhar o mar e sentir a vida que pulsa.
Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário