terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Andando por aí...

Andando por aí,
e pensando em tudo que já passou...
Muitas vezes bate o sentimento
e o coração fica ferido...
Como um animal selvagem
não tem razão, nem emoção...
E os espinhos vão ferindo
a alma poeta, sonhador...
A dor ensina, é uma lição
colhendo sementes
plantando emoção
mas, nasce muita razão...
Deixa a brisa tocar
deixa a brisa acordar
para a realidade desse século!
os livros na estante
não tem mais valor
o cartão romântico
já perdeu a sua cor
a lua apareceu grandiosa
soberana
e vou andando por aí
curtindo a dor do poeta sonhador
o vazio da indiferença
o vale das sombras
solidão e viagem
para dentro do coração!
O olhar do visionário
do mágico
que transforma a realidade
em ilusão!
Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário