quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Homenagem a Dom Pestana

O governador Marconi Perillo se juntou à população de Anápolis em homenagem a um dos mais populares sacerdotes da cidade, o bispo Manoel Pestana Filho, que faleceu no último sábado, em Santos (SP), onde vivia sob cuidados de familiares. A missa de corpo presente, realizada na noite desta segunda-feira, foi celebrada pelo atual bispo da diocese, Dom João Wilker, e pelo arcebispo metropolitano de Goiânia, Dom Washington Cruz. Uma multidão se dirigiu à matriz Bom Jesus para prestar as últimas homenagens a Dom Pestana, que atuou como bispo local ao longo de 25 anos e se transformou numa das figuras mais queridas da cidade.
Convidado a falar, o governador lembrou, na missa de corpo presente, da figura de Dom Manoel Pestana. “Dom Pestana foi um homem de profundas convicções cristãs, um homem corajoso que sempre defendeu a vida”, disse o governador, ao ressaltar que aprendeu muito com Dom Pestana desde que era deputado federal. “Dom Manoel Pestana foi um dos homens mais cultos e inteligentes com quem já conversei ao longo de minha existência”, disse o governador, para quem o bispo serve de exemplo para as futuras gerações.
O governador acompanhou, ao lado de familiares de Dom Pestana, de bispos e párocos de vários municípios do Estado, além dos inúmeros fiéis que lotaram a matriz Bom Jesus, a cerimônia de sepultamento, na própria igreja. A celebração em memória ao bispo demorou aproximadamente duas horas e meia. O corpo foi exposto à visitação pública nas primeiras horas da manhã de segunda-feira, depois de ter sido velado na catedral de Santos (SP), onde Dom Pestana iniciou sua missão religiosa.
Acompanharam o governador na celebração o prefeito de Anápolis, Antônio Gomide, o chefe da Casa Civil da Governadoria, Vilmar Rocha, o presidente da Goiás Industrial, Ridoval Chiarelotto, e autoridades locais.
Notícia enviada pelo amigo Francisco Pestana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário