sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Debret

Debret foi um pintor neoclássico muito importante aqui no Brasil. Fez parte da Missâo Artística Francesa, que era um grupo de artistas francesas que vieram embelezar e dar uma aparência européia a cidade do Rio de Janeiro. Foi D. João que solicitou a vinda desse grupo, pois viera se estabelecer no Rio, vindo fugido das tropas de Napoleão Bonaparte.
DEBRET (Jean Baptiste) chegou ao Brasil em 1816. Foi nomeado professor de pintura histórica da Academia de Belas-Artes (1820). Regressando à França em 1831, publicou em Paris, de 1834 a 1839, Viagem pitoresca e histórica ao Brasil, uma série de gravuras sobre aspectos, paisagens e costumes do Brasil, de valor fundamental para nossa história do começo do séc. XIX.
Iniciou sua vida profissional em Paris, sob a influência de Jacques-Louis David. Integrando a Missão chefiada por Lebreton, ficou no Brasil entre 1816 e 1831, dedicando-se à pintura e ao magistério artístico.
A importância de Debret era de registrar os fatos, o cotidiano, os acontecimentos, a natureza, os costumes, a vida no Brasil colonial e mostrar para o mundo. Retratou a vida dos escravos, dos afro descententes e os povos indígenas.
Ju

Nenhum comentário:

Postar um comentário